STJ decide que é crime não recolher ICMS declarado

Não recolher ICMS foi considerado crime pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). Por seis votos a três, os ministros da 3ª Seção negaram um pedido de habeas corpus de empresários que não pagaram valores declarados do tributo, depois de repassá-los aos clientes. A prática foi considerada apropriação indébita tributária, com pena de seis meses a dois anos, além de multa. A decisão, que uniformiza o entendimento do STJ sobre a questão, é de extrema importância pelo impacto que pode ter sobre sócios e administradores de empresas que discutem o pagamento do tributo na esfera administrativa ou judicial. Havia divergência entre as turmas de direito penal. Os ministros da 5ª consideravam a prática crime. Os da 6ª, não. O habeas corpus (nº 399.109) foi proposto pela Defensoria Pública do Estado de Santa Catarina. No processo, alega que deixar de recolher ICMS em operações próprias, devidamente declaradas, não caracteriza crime, mas "mero inadimplemento fiscal". O recurso foi ajuizado depois de o Tribunal de Justiça (TJ-SC) afastar sentença com absolvição sumária. No caso, a fiscalização constatou que, apesar de terem apresentado as devidas declarações fiscais, os denunciados, em determinados meses dos anos de 2008, 2009 e 2010, não recolheram aos cofres públicos os valores apurados. O montante foi inscrito em dívida ativa e ainda não foi pago nem parcelado, de acordo com o processo. Leia notícia completa em https://www.valor.com.br/legislacao/5765929/stj-decide-que-e-crime-nao-recolher-icms-declarado Fonte: Valor Econômico
Mais da Apelmat
APELMAT CRIA DIRETORIAS TÉCNICAS
APELMAT CRIA DIRETORIAS TÉCNICAS

No último dia 19/02/19 em cerimônia realizada na sede da entidade, o Presidente Flávio...

Festa da APELMAT foi marcada por confraternização e otimismo
Festa da APELMAT foi marcada por confraternização e otimismo

Evento encerra em grande estilo a agenda de atividades do setor de equipamentos, que teve um ritmo bastante...

COMO SERÁ 2019? VEJA AS PERSPECTIVAS PARA O SETOR DE LOCAÇÃO
COMO SERÁ 2019? VEJA AS PERSPECTIVAS PARA O SETOR DE LOCAÇÃO

Há uma sensação de otimismo, em especial por parte das empresas de locação...