Exportações mantêm projeções de alta para venda de máquinas

Os embarques de máquinas e equipamentos passaram a representar 47% do total das vendas, um acréscimo de 16,8% no primeiro semestre deste ano em relação a igual período de 2017. Até junho, o faturamento subiu 4,2% para R$ 35,08 bilhões O agronegócio no Brasil vem puxando a indústria de máquinas e equipamentos, principal sinalizadora da retomada dos investimentos que, por sua vez, impulsiona o segmento de bens de capital – o segundo maior consumidor de aço do país, com 21,4% de participação no mercado comprador. As exportações injetam mais otimismo no setor. Os embarques de máquinas e equipamentos passaram a representar 47% do total das vendas, um acréscimo de 16,8% no primeiro semestre deste ano em relação a igual período de 2017. Até junho, o faturamento subiu 4,2% para R$ 35,08 bilhões. "A projeção é que o crescimento em 2018 fique entre 5% e 7%", diz José Velloso Dias Cardoso, presidente da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq). Segundo ele, o consumo de aço, a principal matéria-prima do segmento, deve aumentar na mesma proporção e a demanda se manterá firme em 2019. Os pedidos em carteira subiram 6,1% nesse primeiro semestre se comparado ao mesmo período do ano anterior. Leia a notícia completa em https://www.valor.com.br/empresas/5753217/exportacoes-mantem-projecoes-de-alta-para-venda-de-maquinas Fonte: Valor Econômico
Mais da Apelmat
Palestra:
Palestra: "Saúde dentro das empresas"

A Palestra abordará os principais obstáculos como drogas, alcoolismo e outros Indicação:...

Palestra:
Palestra: "Sinistros e Seguros de Máquinas"

Indicação: Sr. Marcelo da Silva - Livre Corretora Palestrante: Matin F. de Molla - Gerente...

Palestra:
Palestra: "Gestão de Manutenção de Custo e Propriedade"

Indicação: Eng. Alvaro Antunes - FLEETCOM Palestrante: Sr. Alcides Guimarães DATA:...