Candidatos à presidência expõem projetos para a construção civil

Sabatina de entidades setoriais reuniu Marina Silva, Geraldo Alckmin, Álvaro Dias, Ciro Gomes e Henrique Meirelles. Jair Bolsonaro e representante do PT não participaram Cinco candidatos à Presidência da República participaram nesta segunda-feira (6), em Brasília, do evento “O futuro do Brasil na visão dos presidenciáveis 2018”, realizado pela Coalizão pela Construção, formada por 26 entidades representativas da indústria da construção. O evento tinha o objetivo de ouvir as propostas dos presidenciáveis para a recuperação da economia brasileira, especialmente no setor da construção civil. Estiveram presentes no encontro os candidatos Marina Silva (Rede) e Geraldo Alckmin (PSDB), na parte da manhã, além de Álvaro Dias (Podemos), Ciro Gomes (PDT) e Henrique Meirelles (MDB), na parte da tarde. À Agência Brasil, a organização do evento informou que o convite foi feito aos candidatos mais bem colocados nas pesquisas de intenção de votos, além do candidato do MDB, Henrique Meirelles, pela representatividade do partido. Citando problemas de agenda, o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, não compareceu ao evento. O Partido dos Trabalhadores (PT) não foi convidado, já que o candidato da legenda, Luiz Inácio Lula da Silva, está preso em Curitiba (PR). Marina Silva A candidata da Rede Sustentabilidade destacou que, para recuperar o setor, pretende ampliar o investimento em infraestrutura, passando dos atuais 2% do Produto Interno Bruto (PIB) para, pelo menos, 4% do PIB. Segundo ela, a universalização do saneamento básico é uma das principais metas de seu governo. A candidata falou, ainda, que irá reforçar os mecanismos de licenciamento ambiental para trazer agilidade às obras. Geraldo Alckmin O candidato do PSDB à presidência defendeu o uso de todos os recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) em projetos de moradia, mobilidade e infraestrutura. O presidenciável destacou que, caso eleito, destinará a projetos de redes de água e tratamento de esgoto o valor arrecadado pelo Governo Federal das empresas de saneamento com a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) e o Pasep. Informou, ainda, que pretende atuar para concluir as obras paralisadas pelo País. Leia a notícia completa em https://www.aecweb.com.br/cont/n/candidatos-a-presidencia-expoem-projetos-para-a-construcao-civil_17755 Fonte: AEC web
Mais da Apelmat
John Deere amplia portfólio e lança escavadeira de 20 toneladas
John Deere amplia portfólio e lança escavadeira de 20 toneladas

A John Deere lançou recentemente no mercado brasileiro a escavadeira 200G, equipamento que promete...

Festa na locação: confraternização do setor de equipamentos acontece em 7 de dezembro
Festa na locação: confraternização do setor de equipamentos acontece em 7 de dezembro

Começa a contagem regressiva para a noite mais aguardada no setor de equipamentos: a 32ª...

Automec recebe prêmio em conferência global da JCB
Automec recebe prêmio em conferência global da JCB

Distribuidor oficial da JCB em São Paulo, o grupo Automec recebeu o Prêmio Transformação...